11 março 2013

porque chá é chá

"Por que alguém toma chá quando não está doente?" 
Quem faz esse tipo de pergunta não sabe o poder do chá... de acalmar a alma, estancar lágrimas e fechar feridas, que embora esquecidas, ainda machucam e corroem. Não sabe o doce sabor do chá, não apenas na boca e no paladar, mas de quando ele desce pela garganta e se perde pelo corpo eliminando as sujeiras, sejam elas do cansaço, do amor idiota ou da falta dele.

Quem faz esse tipo de pergunta nunca bebeu chá... apenas ingeriu. Jogou na goela e pronto! Chau gripe ou dor de barriga ▬ ou os dois; É preciso dar atenção ao chá, desde a fervura da água ao ato de leva-lo até a boca e sentir o seu docinho ir mudando tudo por dentro. Pode até ser visto como um teste de paciência, uma terapia... quando quer-se chá, quer-se agora e pronto! 

A xícara, a água, o saquinho e o açúcar, não importa o sabor, pode ser de camomila ou chá preto, até mesmo capim-santo, o que importa mesmo é que é chá e em alguns minutos os problemas não estarão mais te incomodando, porque chá é chá e ele te cura e te aconchega em você mesmo, provocando um contentamento... uma epifania constante fazendo do chá um vício doentio, milagroso e saudável.

Chá! Três palavras e um acento que provocam milagres, cura a alma e esquenta o coração ▬ e vice-versa. 

Quem aí também curte chá?
kissus

Um comentário:

Comente! Sua opinião vale muito e faz bem ao meu coração *--*