27 novembro 2014

Esse tal de medo..

peguei no tumblr

Lembra aquele dia que nos conhecemos? Pois é, nem eu! Até acho que a gente nem se conhece ainda e gosto dessa sensação, as vezes. Por quê? Ah porque as vezes eu tenho medo disso, medo de pensar que estou com uma pessoa e depois descobrir que essa pessoa na verdade nunca existiu. Eu sei, eu sei, você nunca vai mudar, e essa é a primeira mentira. Já escutei tanto essa frase querido..

Todos nós mudamos, o tempo todo estamos em constante mutação. Eu mesma mudo a cada palavra... já viu quantos livros eu tenho? Tenho até que comprar mais prateleiras; você bem sabe que um dos meus sonhos é ter uma biblioteca em casa. Então não diga isso! Não seja cara de pau ao me dizer que nunca vai mudar, aceito mudanças, gosto delas. 

Ah você quer saber porque o medo... claro. É que eu acredito no amor querido. Desculpe, eu tenho que lhe dizer isso, senão quem irá lhe dizer? Acredito em cada molécula de ar se for por amor, e olha que nem gosto de química, mas vale o esforço. Nos tempos de hoje parece difícil ter essa fé mas eu a tenho correndo em minhas veias. Minha mãe diz que sou masoquista, será por isso? Não sei. Mas até as células mortas de meu corpo creem nesse sentimento perdido entre bilhetes vazios, flores mortas e transas sem olhares penetrantes.

E por amor aceito tudo menos parar de amar. Loucura? Não para mim que já tive de esquecer amores que durariam séculos. Espere! Não fique chateado por saber que já amei outros, foram eles os responsáveis por eu estar querendo-o agora. Querer é sinônimo de amar? Acho que não! Então permita-me corrigir a frase:"foram eles os responsáveis por eu estar lhe amando agora"; além de eu ter aprendido algumas coisas que você ficará feliz em saber quando estivermos a sós.  

Hmm.. verdade. Já estamos a sós. Então deixe-me lhe mostrar como as vezes "tarde demais" pode ser o tempo certo. Mas antes, o quê? Você sente o mesmo? E porque não falou? É mesmo... o medo...

26 novembro 2014

Eu estava parado

Eu estava parado. Olhando. Faz tanto tempo que não paro e apenas olho, para ela lá em cima na sua forma mais tímida. Na verdade, é a primeira vez em meses que volto a contemplar o céu como ele merece. E porque eu havia parado mesmo? Ah lembrei! Problemas como sempre.

Quem não tem problemas? Em casa, no trabalho, na escola, tem gente que tem problemas até no ônibus, tem gente com grandes problemas neste exato momento no hospital, parte dessas pessoas nem sabem se voltarão para casa ou se partirão dali para melhor, e irão para o inferno... ou para o céu.

E então estarão longe demais ou demasiadamente perto dela lá em cima. Nem todos esses problemas juntos me impediriam de olhar para cima, um ângulo de sessenta graus já seria o suficiente. Então não! Não foram os problemas que me afastaram dela. Mas o que eu estava esperando? Um chamado? Seu brilho já é mais que o suficiente!

Ela tão perto e tão longe em mesmo estante. Perto de nossas cabeças, longe de nossas mãos. Mas que mania de querer tocar o que é belo. Não basta admirar? Não pus o "só" porque admirar nunca foi tiquinho. Penso eu que não há emoção maior que saber de todas as faces, todas as manias e brilhos, todos os instantes distintos e conjuntos que fazem ser o que ela é. Espere! Do que eu estava falando mesmo?

Ah! Eu tava parado..

25 novembro 2014

#1 Marketando minha mãe: Logo


Hoje dou início de vez ao projeto Marketando minha mãe onde eu tento ajudar ela a oficiar o seu negócio dela, tornando-o mais concreto e seguro tanto para os clientes quanto para ela. Um dos itens a serem conquistados na lista que montei no post anterior foi o logo, é como se fosse a "marca registrada" tipo a da coca-cola, no que você pensa logo de cara quando fala Coca-Cola!? Eu penso logo na cor vermelha e nas formas das letras na garrafa.

Imaginei que quando alguém vice o logo de minha mãe, lembrasse automaticamente dela.
Com um pouco de paciência e circundando as opiniões dela (claro que ela tem que gostar, até porque é para ela né) eu desenvolvi uma logo simples mas bonitinha, criamos um nome de vez e ela gostou bastante (diz ela).


E então para começo está bom?? O que vocês acharam?

Obrigada pela visita e não esqueça de comentar e acompanhar nas redes sociais!
     fanpage | twitter | mytwitter

23 novembro 2014

Quotes: A Escolha

Essa é Nina e já apareceu por aqui :)

Olá! Vim de novo falar sobre esse livro lindo que conseguiu me encantar pela segunda vez, porque eu já o havia lido. Espero ter conseguido mostrar para vocês por meio da resenha como foi feliz lê-lo de novo; e se não, estou aqui com mais um post para tentar mostrar mais uma vez como vale apena dar-se o prazer deste livro.

Dessa vez, separei algumas da melhores partes do livro, mais conhecidas como quotes, são trechinhos individuais que fui encontrando no decorrer do mesmo e me identificando com cada um deles. Como percebi que haviam muitos, decidi mostrar para vocês. Deliciem-se..
"É o que acontece quando você é produto de um casamento feliz. Você cresce pensando que o conto de fadas é real e, além disso, que você tem o direito de viver aquela fantasia"
"Queria viver a vida. Não, nada disso. Precisava viver a vida"
"Parece que algumas pessoas crescem sabendo que se casarão quando tiverem determinada idade, e aquilo acontece exatamente como o planejado; outras sabem que não se casarão durante algum tempo, e passam a morar com as pessoas que amam, e aquilo também funciona muito bem. Às vezes, parecia que ela era a única sem um plano estabelecido; para ela, o casamento sempre foi uma ideia vaga, algo que simplesmente... acontecia"
"Se você tiver a mentalidade certa, não importa onde você esteja ou quanto dinheiro tem com você. Vai ser algo de que você irá se lembrar para sempre"
"É preciso conhecer os momentos propícios para desfrutar da sua preguiça. Quando se faz do jeito certo, é uma forma de arte que faz bem a todos" 
"Como eu disse, aquelas pessoas gostam de fazer essas coisas pequenas. Faz com que os homens se sintam mais viris e as mulheres mais maternais, e é assim que o mundo deveria funcionar. Como somos solteiras, tudo o que temos de fazer é ter certeza de que estamos curtindo a vida"
 "As cores, tão vívidas que pareciam quase ter vida própria, faziam-no pensar que a natureza às vezes mandava sinais, e que é importante lembrar que a alegria sempre pode vir após o desespero"
Espero que tenha gostado das quotes, tanto quanto eu, e se você ainda não viu a resenha pode conferir aqui.

Obrigada pela visita, não esqueça de acompanhar nas redes sociais!
                                                              fanpage | twitter | mytwitter

22 novembro 2014

A escolha - Nicholas Sparks


Nicholas Sparks | 303 páginas | Novo Conceito

Em A Escolha, Nichoolas Sparks nos faz parar para pensar em nossas vidas, onde queremos chegar e principalmente em nossas escolhas com relação a isso tudo. Ele mostra a importância de cada decisão, que por mais que pareça inocente e que não afetará em nada nosso futuro, sempre mostrará sua reação lá na frente quando a gente menos esperar.

O livro começa falando (sim, o livro fala rs') sobre Travis Parker, um cara boa pinta nos seus trinta e seis anos que vive sozinho numa cidadezinha de interior, Beaufort, desde que nasceu. Travis sempre gostou de esportes radicais e até hoje isso não mudou, apesar de também manter uma clínica veterinária com seu pai, ele  conhece mais partes do mundo do que muita gente de cidade grande. Ele tem alguns amigos desde criança e que são mais que sua família, os quais sempre o visitam com suas esposas e filhos num final de semana em que todos estão livres para colocar os papos em dia. Sem falar de sua irmã Stephanie!

Em um desses finais de semana aparece Gabby em sua casa, que veio de cidade grande para morar perto do seu namorado Kevin, mas que as coisas não estão indo muito como ela planejou já que ele ficou mais distante dela ao perceber o quão sério ela estava levando a relação deles dois. Gabby está frustrada, cansada e confusa com sua vida, e Travis aparecer pelo seu caminho foi como o empurrãozinho que ela precisava para desabar. Ela está certa de que foi o cachorro dele, Moby, quem engravidou sua cachorrinha, Molly. Ela não perde tempo e parte determinada para cima dele querendo explicações e que ele tome alguma atitude com relação aos filhotinhos.

Mais uma vez nada ocorre como Gabby planeja. Sim, ela foi em sua casa e sim, ela brigou com ele. Mas com o passar dos dias o rumo das coisas mudam e não pelo esforço dela é claro! Ele tenta ao máximo te-la como vizinha pois sabe o quão é ruim ter uma vizinhança que não gosta de você. E para ele também foi uma surpresa. Eles dão uma segunda chance de se conhecerem, e esse foi o ponto de partida para uma longa conversa que eles querem que jamais termine.

 A história é linda! Talvez encante ainda mais pelo fato de serem pessoas comuns, com desejos que estamos acostumados a conviver em nosso dia a dia e que até nós queremos para nossas vidas. Sparks conseguiu me encantar mais uma vez, eu não chorei, vou ser sincera com vocês, mas são lições que guardarei para sempre..

Obrigada pela visita!
Não esqueça de seguir nas outras redes sociais e de deixar sua opinião!

21 novembro 2014

Leia para uma criança


 Já faz três anos que meu irmão e eu acompanhamos esse projeto de perto. Todos os anos o Itaú disponibilisa livros infantis com o propósito de divulgar a ideia da importância da leitura para uma criança e unir familiares para esse momento tão importante tanto para a criança quanto para o responsável ou até o irmão que dá atenção e divide momentos com o menor.



Esse projeto Itaú Criança foi criado a partir da Fundação Itaú Social que ganhou forças em 2000 para alcançar a sociedade de fato e disseminar a importância da educação.
O Itaú entende que a educação é o principal fator a ser considerado para o desenvolvimento sustentável do Brasil. Este guia foi estruturado para apresentar, de maneira sintética, seu posicionamento no campo do investimento social, por meio da Fundação Itaú Social, cujo objetivo central é formular, implantar e disseminar metodologias voltadas para a melhoria de políticas públicas na área educacional e para a avaliação de projetos sociais.

Meu irmão já está até grandinho para ganhar livros do tipo. Este foi seu último ano de felicidade (haha), já que ele já vai fazer doze anos de idade ano que vem, estou pensando em comprar livros ,como por exemplo Como treinar seu dragão, que ele gosta muito e exige mais da mente dele. Os últimos livrinhos foram Papai! e Gato pra cá, Rato pra lá, todo em ótimo acabamento como ilustrações tão lindas quantos as pequenas estórias. Aah vale lembra que são estórias para crianças mesmo e decidi até passar uma trechinho que uma das autoras escreveu em um desses livros.




Se alguém for procurar uma grande história neste livro, não vai encontrar. Ele resolveu escolher o caminho do singelo, e livro, se a gente não deixar ele ser como ele cisma, fica amarrado.
Acho que esta história é pra ler pouco e imaginar muito. Nasceu de uma velha anedota que ouvi, nos meus tempos de criança. Descobri que o rato da história sou eu! 
Foi de repente que descobri e me espantei.
— Sylvia Orthof
No site é possível entender os propósitos, como tudo começou e como é possível adquirir os exemplares..

Para mais informações

20 novembro 2014

Marketando minha mãe

Vocês não sabem mas minha mãe é tipo mestra com trabalhos manuais, ela é uma pequena empresária já faz um tempo, fazendo conjuntos e enxovais de todos os tipo (banheiro, cozinha, cama, bebê, etc), só não costuma mexer com roupas, ela diz que é chato, mas tenho certeza de que se fizesse sairia tudo perfeito como tudo que ela faz e não é porque ela é minha mãe não hein!

Sabendo disso decidi expandir um pouco mais o trabalho dela e fazer esse pequeno projeto de marketing (por isso o nome). Ela já tem sua gama de clientes, mas eu quero fixar isso e torna-la um empresária de fato, para fazer as pessoas perceberem como é importante para ela que o cliente saia satisfeito mas que também dê o devido respeito ao que ela faz.

Separei então por tópicos o que irei 'tentar" desenvolver para ela e espero que vocês curtam:
Me deem dicas também né, preciso muito de dicas, qualquer coisa até adiciono mais coisas à essa lista, até porque não sou nenhuma designer de interiores nem nada do tipo..

Obrigada pela visita!

16 novembro 2014

Tag: Liebster Award

Olá!
Hoje eu tenho uma tag para responder, yhaay!
Fui indicada pela Julie do blog Uma Conversa Fiada e claro que fiquei super feliz...
O objetivo da tag é conhecer novos blogs e consiste em responder as perguntas de quem te marcou, contar 11 fatos sobre você, taguear 11 blogs com menos de 200 seguidores, fazer 11 perguntas para esses blogs e colocar o selo da tag.

  • 11 fatos sobre mim:

- Sou muito chata
- Amo animais
- Amo ler
- Gosto de ir à igreja
- Não vivo sem meu pai (painho)
- Adoro meu Deus
- Apesar das briguinhas em tempo integral, amo minha família
- Sou muito magra
- Como muito
- Tenho três cachorras (Nega, Lupita e Galega) e dois gatos (Nina e Galego)
- Minha matéria preferida é matemática

As perguntas da Julie:

  • Já pensou em desistir do blog alguma vez?
- Sim, fiquei mais de quatro meses sem postar por duas vezes e quase o deixei de lado mas aguentei a saudade e voltei.
  • Qual sua cor preferida?
- Verde, cinza e azul (não pude escolher só uma).
  • O que mais gosta de fazer nas horas vagas?
- Ler.
  • Prefere calça, vestido, saia ou short?
- Prefiro short, por causa do calor e tudo mais não dá para usar calça o tempo todo e vestido e saia me deixam muito livres. Não gosto muito dessa sensação.
  • Que lugar escolheria para passar as férias?
- Num lugar calmo mas não parado, talvez uma ilha que fica localizada no Haiti chamada Taiti.
  • Um costume seu?
- Morder os lábios.
  • Qual profissão você segue/quer seguir?
- Estou em dúvida entre jornalismo, alguma engenharia ou algo ligado a meio ambiente (sim, sou indecisa pois tenho medo de tomar decisões rápido demais e acabar me arrependendo).
  • Pizza ou lasanha?
- Pizzaaaaaaaaaa!
  • Um livro que marcou sua vida?
- A Hospedeira
  • Um filme que marcou sua vida?
- Um amor para recordar.
  • Prefere maquiagem simples ou forte?

- Simples.

Minhas perguntas:

  • Quantos anos você tem?
  • Ainda estuda?
  • Quais lugares você tem vontade de conhecer?
  • Onde você gostaria de morar?
  • Qual o último livro que você comprou?
  • Quando você comprou?
  • Qual o último livro que você leu?
  • Quais suas atividades prediletas para o dia a dia?
  • Já conheceu algum ídolo seu? Se sim, quem e onde?
  • Como surgiu a ideia de ter um blog?
  • Como foi a escolha do nome do seu blog?

Os blogs que vou indicar são alguns fofos que conheci agora a pouco e visito sempre, não vou me prender em quantidade:


Por enquanto são estes..
Obrigada Julie pela indicação!
kissus

15 novembro 2014

Trailer de 50 tons de cinza e paródia da Barbie

Genteeee! Vocês viram o trailer oficial de 50 tons de cinza que saiu? Ficou muito bem feito. Apesar de eu ainda não ter lido completamente o livro (só algumas partes) achei que ficou bem perto do que o livro quis passar. Mas para quem não viu, segue..
E eu tenho certeza que pelo menos a maioria de vocês não viram a paródia muito legal que fizeram com a participação especial da...Barbie! Haha, isso mesmo!Eu que nunca fui fã das bonecas da mesma nem da cor que predominante nela que é universal mas encontrei nessa fanpage. Não sei quem exatamente teve essa criatividade maravilhosa que me deixou morta.  Mas vou deixar de blábláblá..vejam..
O mal é que não encontrei legendado apesar de procurar bastante mas eaí, vocês gostaram? Já haviam visto?

Obrigada pela visita, divulgue o post se você gostou aqui embaixo!
kissus

13 novembro 2014

Inútil dia da gentileza..

daqui
Algo que não era para ter um dia a ser comemorado e sim para ser praticado todos os dias, sem pretextos nem esperar nada em troca, porque gentileza é isso, é fazer o bem para se sentir bem e só. O que vier depois disso será apenas uma consequência boa de fazer o que Deus manda, reunindo todos os seus mandamentos:
Amai o próximo como a ti mesmo.
Apenas com essa frase um cristão sabe qual o seu dever perante a terra acima de qualquer outro, exceto o de crer no Senhor...

Existe algo mais satisfatório do que com sua mísera ação de compaixão, carinho, um pouco de paciência ou até mesmo servir de ouvido para que alguém desabafe e coloque para fora o que lhe faz mal e fazer o dia de alguém ser mais colorido? Para mim não...

Olhando de longe essas ações, não passam de coisas que qualquer um faz e que não trás resultado algum, mas só sabemos o valor de algo quando precisamos. E participar dessas ações torna as coisas realmente verdadeiras, pois falar sobre elas não tem base, nem piso e nem teto. Não adianta coisa alguma! Não passam de letras que formam palavras bonitas e com um valor de "auto-ajuda" e talvez até seja. 

Isso significa que a única pessoa que pode mudar algo é você! Não me venha com a desculpa de que não pode mudar tudo para não fazer nada. Esse texto não servirá de nada se você não colocar a cabeça para funcionar e o coração para sentir...

E você pode me chamar de hipócrita porque talvez eu só faça falar, até porque você não me conhece não é mesmo!? Não vou julgar você caro amigo que também não conheço... mas a questão não é o que o outro faz e sim o que você está disposto a fazer.

kissus

10 novembro 2014

Obrigada enem!


(daqui)
Com o passar do tempo aprendemos coisas, aperfeiçoamo-nos e chegamos a pensar que já possuímos o tal saber. Quando isso acontecer, isso significará que você não sabe de nada. 
Difícil não é!? Ler isso... imagine escutar!
Quando você se deparar come essa frase não desanime, ela é feita apenas para nunca esquecermos que somos meros humanos em constante mutação, que somos iguais perante Cristo e que o seu saber não o torna melhor que ninguém.

Sócrates que era/é Sócrates ficou famoso pela seguinte frase:
Só sei que nada sei!
Sócrates foi  um dos maiores filósofos gregos que já estudei, e na minha não tão importante opinião, um dos que se aprofundaram de verdade no mundo do homem. Ele foi obrigado a se matar com um veneno pois foi acusado da pretensão de subverter a ordem social na Grécia, pois descordava de práticas culturais de seu tempo afirmando que não contribuíam com o desenvolvimento intelectual da sociedade. Ele pensava para o povo.

Ele tem muitas outras frases se quiser se aprofundar mais no assunto, mas nenhuma me chamou tanta atenção quanto essa que vos mostro. A plena consciência de que nunca saberá o suficiente, mesmo sendo considerado um dos homens mais sábios até pelas pessoas de sua época, apesar de também ser considerado um radicalista pela elite grega com suas ideias diferenciadas. 
Se Sócrates que era Sócrates passou por dificuldades, enfrentou pessoas e até morreu por conta de sua idealidade, quem sou eu para reclamar de não conseguir algo na segunda tentativa? 

Ele morreu aos setenta e um anos de idade sem conseguir ainda em sua época concretizar suas ideias. Mas nunca morreu para seus seguidores, pois como grande pensador até hoje, ganhou muitos discípulos, que só por eles conhecemos os dizeres do mesmo, tais como: Platão e Xenofontes. O segundo não tão popularizado quanto o primeiro.

A ideia de que eu quis ser mais do que um dos caras mais inteligentes de todas as épocas me mostra o quanto ainda devo aprender. Mas o que me surpreende mesmo é que toda essa análise me veio com a prova de domingo no enem..

Obrigada por ler!
kissus

08 novembro 2014

3 dicas de como melhorar um texto literário

Aqui segue algumas dicas da Editora Gutemberg do Grupo Autêntica  para você que quer melhorar o seu texto literário. Aproveitando também a véspera do dia da redação do ENEM. Simbora gente que eu também tô nessa..


Como você vê, as dicas são bem válidas. Para saber mais clique aqui e obtenha logo em suas mãos um manual prático para dominar as técnicas básicas da narração!

Obrigada pela visita!
kissus

07 novembro 2014

4 rádios do meu dia a dia


Bom dia pessoal!
Hoje em dia é muito mais fácil termos contato com músicas pela internet, é só procurar e baixar! Mas a algum tempo o contato era muito restrito, ou tinham CD's ou DVD's ou, o mais comum, escutavam na rádio. 

Até hoje as pessoas não perderam o costume e na minha opinião, apesar de todo esse acesso à informação ter melhorado 100%, o rádio ainda é a maior das armas da comunicação. Todo mundo tem um rádio em casa, e o melhor, todo mundo pode ter um rádio em casa, na loja e até mesmo na barraquinha do seu zé onde vende doces. É o mais prático, comum e talvez até por fazer parte da nossa cultura o mais popular meio de comunicação que podemos ter, então porque deixa-lo de lado? Porque não comemorarmos sua data hoje? 

Para quem não sabe hoje é o dia do rádio e para fazer jus a essa data decidi compartilhar com vocês as rádios que escuto diariamente quando minha lista de músicas já não me anima tanto assim nem mesmo no aleatório..

  • Mix Recife
A Mix como o nome já diz mistura bem tudo que há de música nesse mundo, mas o foco dela são as internacionais eletrônicas. É ótima para arrumar a casa! Minha mãe e eu adoramos (rsrs'), meu pai já não gosta muito porque ele diz que como posso escutar uma coisa que eu nem entendo? Pelo fato da maioria ser em inglês daí já viu né.
  • Jovem Pan
A Jovem Pan já é mais nacional mesmo, claro que tem as internacionais que as pessoas pedem, mas eles enfatizam mesmo a nacionalidade. Além de tudo, o seu público é o jovem então tudo que está em alta eles colocam para tocar e claro não tem quem não goste de escutar a Jovem Pan na espera do ônibus.
  • Alternativa
A Alternativa é da minha cidade, só para ter noção de quanto ela é pequena entre as pessoas. Mas ela é enorme em nacionalismo. O foco dela é sobretudo as músicas nacionais, não me lembro de ter escutado alguma música em outro idioma sequer, são sempre Djavan, Renato Russo ou outros mais populares atualmente, como Thiaguinho.
  • Clube
Eu acho que a Clube é a mais conhecida por aqui por perto de Recife. Não é uma das minhas prediletas mas é legal quando as outras não pegam. Não é que não tenha qualidade mas meu gosto de música não compreende muito brega. Tem outros também, claro que não vai ficar só nisso mas como é o que mais pedem eu não curto muito.

Todas as rádios vocês podem conferir nesse site. Achei legal essa ideia de reunir todas elas em um só lugar, fica mais prático para procurar quem está no computador, celular, notebook, e está cansado das suas músicas.

Obrigada pela visita!
kissus

05 novembro 2014

Ajude a escolher o marcador do blog

Oii pessoal!
Hoje eu vim aqui humildemente pedir a ajuda de vocês. O blog já está com um tempinho de vida, apesar de eu ter pecado no comprometimento com o mesmo, mas agora eu decidi mudar radicalmente e me jogar de cabeça nesse cantinho.
Bem, para começar eu criei um design simples e bonitinho para marcadores de livros, e como ele é feito para vocês, gostaria que me ajudassem na escolha para só depois mandar para a gráfica.

Para entender melhor, eu coloquei frente e verso, um ao lado do outro. Essa parte que está em verde tem umas listinhas brancas de lado mas não dá para ver direito por causa do tamanho da imagem.
E para escolher é bem fácil! É só preencher esse formulário aqui embaixo colocando seu nome (não é obrigatório ter blog/site)..

Logo depois que os marcadores estiverem prontos verei um jeito para quem quiser, poder ter o seu, ou os seus, porque não né!?

Obrigada por tirar 5 segundos do seu dia com a sua opinião!
kissus

04 novembro 2014

Todo dia - David Levithan


David Levithan | 277 páginas | Galera Record 

Oi's! Hoje sai a resenha desse livro que me conquistou pelo book trailer que vi no blog da Melina Souza onde ela falava que havia participado do mesmo..

O primeiro capítulo de Todo dia é o book trailer dele, é só clicar para quem tiver interesse em assisti-lo. É tudo bem confuso até para o personagem. Ele não tem sexo definido, acorda todos os dias num corpo diferente e as pessoas em que ele "peregrina" tem exatamente a mesma idade que ele, agora ele está com 16 anos e atende apenas por A.

Desde que nasceu ele foi assim, nunca soube como é uma vida normal com pais e irmãos, apenas conviveu com as famílias dos outros. Quando criança ele se apegava às pessoas e não entendia por qual motivo elas sumiam no dia seguinte, sabia apenas que teria alguém para cuidar dele. Nunca soube se havia alguém igual a ele, se existe ele nunca percebeu, mas como perceberia? Ele mesmo sabia que devia fingir ser como a pessoa do corpo. E no dia seguinte nunca ninguém soube se havia acontecido alguma coisa.
Agora ele está no corpo de Justin, e por Justin conhece Rhiannon, ele nunca havia dado bola para alguém mas.. o jeito como o Justin normal a tratava o deixou mal e decidiu que pelo menos aquele dia seria diferente para ela, apesar que no dia seguinte tudo iria voltar ao normal para eles dois (ou três né).

Mas no dia seguinte ele não consegue esquecer Rhiannon e encontra um jeito de vê-la, seu apego vai crescendo mesmo sabendo que é tão difícil para ela entender quanto foi para ele. A partir daí a estória toma seu rumo que eu não posso contar porque não gosto de spoiller rs'

É um livro simples e que nos faz pensar um pouco, no quanto temos sorte apenas por poder ter uma vida, por ter lembranças e sentir saudade de alguém que podemos ver se quisermos.  E que muitas vezes não damos atenção às coisas simples.


03 novembro 2014

Você escreve distopias? Aqui está sua chance de participar de um livro!

A Andross Editora está recebendo contos de novos escritores para publicação no livro “Sede - Contos distópicos sobre um futuro sem água”, a ser lançado em maio de 2015 no evento Livros em Pauta.Qualquer pessoa pode participar. Basta acessar o site da Andross, ler o regulamento de participação e submeter seu texto à avaliação. 

Sinopse do livro: 
2013: o clima seco além do normal não chamou atenção do governo.
2014: com menos de 3% de capacidade do reservatório de água da capital paulista, o governo declarou que está tudo sob controle.
2017: a água quase desapareceu das regiões sudeste e nordeste do país, com uma parcela pequena de pessoas com acesso a ela.
2049: a população brasileira caiu vertiginosamente para 8%.
O ano atual é 2065. A falta de um recurso tão essencial nivelou pobres e ricos em uma única categoria: sobreviventes. A conhecida frase da ficção “em um futuro não muito distante” nunca foi tão aterrorizante.

Paola Giometti
“A recente crise da água em São Paulo nos fez pensar em como seria um futuro onde esse item essencial à sobrevivência se tornasse escasso. Existem filmes em que outros itens essenciais à sociedade se tornaram raridade, como terra, em Waterworld, e gasolina, em Mad Max. Mas histórias em que o mais básico à sobrevivência fosse o que mais faz falta, isso a gente ainda não viu por aí”, explica Paola Giometti, a organizadora do livro. “Queremos tramas que explorem todas as dificuldades que uma sociedade sofreria, como economia, criação de animais, agricultura, criminalidade... É claro que em contos é difícil contemplar todos esses aspectos. Portanto, esperamos receber contos que se foquem em um ou dois deles”, completa.

Se você gosta de escrever distopias, chegou sua oportunidade, participe do livro Sede - Contos Distópicos Sobre um Futuro Sem Água, você tem até o dia 31 de dezembro deste ano. Aproveite esta oportunidade que a Adross Editora está lhe oferecendo!
  
SERVIÇO: 
Livro: “Sede - Contos distópicos sobre um futuro sem água” 
Organização: Paola Giometti
Envio do texto: até 31/12/2014
Lançamento: Maio de 2015 (no evento Livros Em Pauta
Regulamento: no site www.andross.com.br 
Realização: Andross Editora

kissus

01 novembro 2014

O circo da noite - Erin Morgenstern


Erin Morgenstern | 365 páginas | Intrínseca

Esse livro foi um achado na Saraiva, pois ele estava por apenas R$ 9,90 e claro que eu não podia perder a oportunidade de tê-lo em minhas mãos.
Para começar eu não sabia exatamente sobre o que o livro falava, apenas que se tratava de um suposto circo porque né galera..
Então.. eu comecei a leitura sem nem saber da sinopse. Sim eu comprei apenas pela capa e porque tava baratinho. Pronto falei! Para começar o livro é lindo, a capa, contra capa, começo de capítulo e formatação, tudo perfeito. Ganharam ponto comigo nisso. E quando eu comecei a ler.. cara a estória...meu Deus!

Esse é o primeiríssimo livro da autora Erin e para mim ela deu um show de entrada no mundo editorial. A estória se passa entre os anos 1873 até 1900 e trata desse tema que pelo menos para mim não é muito comum entre os livros, principalmente os famosos. Nele conta-se a estória de Celia, Marcos e o Le Cirque des Rêves.

O circo da noite tem de tudo: suspense, romance, amizade, relação entre pai e filho(a). Enfim, tudo mesmo, o que eu adorei claro, então ganhou mais pontos comigo! Todo capítulo é uma nova descoberta, as emoções não param nem por uma linha, então se você está procurando um livro para se distrair completamente do mundo real você acabou de achar! Durante a leitura eu ficava rendendo as páginas para que demorasse mais e mais tempo com ele em mãos e quando acabei de lê-lo ainda achei que o li rápido demais, saboreei pouco demais, poderia ter adiado por mais alguns dias..

O livro agora está entre os meus favoritos. Atingiu sete palmos acima das minhas expectativas e a autora ganhou uma fã *né tia Erinlerei até seus rabiscos na cadeira onde ela estudou. Eu me impressionei tanto que eu acho que nem que eu use todas as palavras que conheço vou conseguir passar para vocês como ele é bom.

Mas alguém aí leu?? Gostou? Porquê?? Me conta!
Obrigada pela visita, espero que tenha gostado da resenha!
kissus

Slider (Add Label Name Here!) (Documentation Required)

Our Team

I am the Author

Know us




Contact us

Nome

E-mail *

Mensagem *

sublimar-me © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.