23 dezembro 2014

Livros indicados em As Vantagens de ser Invisível



Depois de ler, assistir ao filme e me viciar no universo de As Vantagens de Ser Invisível, decidi que também quero ler os livros que Charlie leu indicados pelo professor de inglês avançado (Anderson  no filme e Bill no livro) tanto quanto eu puder. Se tiver algum que não tenha sido traduzido para meu bom e velho português, ele vai ter que esperar um pouco mais para ser lido... Então vamos lá:

Um dos romances mais adorados de todos os tempos, O sol é para todos conta a história de duas crianças no árido terreno sulista norte-americano da Grande Depressão no início dos anos 1930. Jem e Scout Fincher testemunham a ignorância e o preconceito em sua cidade, Maycomb – símbolo dos conservadores estados do sul dos EUA, empobrecidos pela crise econômica, agravante do clima de tensão social.A esperta e sensível Scout, narradora da trama, e Jem, seu irmão mais velho, são filhos do advogado Atticus Finch, encarregado de defender Tom Robinson, um homem negro acusado de estuprar uma jovem branca. Mas não é só nessa acusação e no julgamento de Robinson que os irmãos percebem o racismo do pequeno município do Alabama onde moram. Nos três anos em que se passa a narrativa, deparam-se com diversas situações em que negros e brancos se confrontam.Ao longo do livro, os dois irmãos e seu pequeno amigo de férias, Dill, passam por tensas aventuras, grandes surpresas e importantes descobertas. Nos episódios vividos ao lado de personagens cativantes, como Calpúrnia, Boo Radley e Dolphus Raymond, aprendem e ensinam sobre a empatia, a tolerância, o respeito ao próximo e a necessidade de se estar sempre aberto a novas idéias e perspectivas.O sol é para todos é o único livro de Harper Lee. Sucesso instantâneo de vendas nos EUA, que se tornou um grande best-seller mundial. Recebeu muitos prêmios desde sua publicação, em 1960, entre eles, o Pulitzer.Traduzido em 40 idiomas, vendeu mais de 30 milhões de exemplares em todo o mundo e, em 1962, foi levado às telas com Gregory Peck - ganhador do Oscar por sua interpretação de Atticus Finch - Brock Peters, Robert Duvall e outros.Librarian Journal dos EUA deu sua maior honraria à história elegendo-a o melhor romance do século XX. Em 2006, uma pesquisa na Inglaterra colocou O sol é para todos no primeiro lugar da lista de livros mais importantes, seguido da Bíblia e de O senhor dos anéis, de J. R. R. Tokien. Também entrou para a lista da Time Magazine dos Cem Melhores Romances de Todos os Tempos
Obra-prima de Scott Fitzgerald, O Grande Gatsby é o romance americano definitivo sobre os anos prósperos e loucos que sucederam a Primeira Guerra Mundial. O texto de Fitzgerald é original e grandioso ao narrar a história de amor de Jay Gatsby e Daisy. Ela, uma bela jovem de Lousville e ele, um oficial da marinha no início de carreira. Apesar da grande paixão, Daisy se casa com o insensível, mas extremamente rico, Tom Buchanan. Com o fim da guerra, Gatsby se dedica cegamente a enriquecer para reconquistar Daisy. Já milionário, ele compra uma mansão vizinha à de sua amada em Long Island, promove grandes festas e aguarda, certo de que ela vai aparecer. A história é contada por um espectador que não participa propriamente do que acontece - Nick Carraway. Nick aluga uma casinha modesta ao lado da mansão do Gatsby, observa e expõe os fatos sem compreender bem aquele mundo de extravagância, riqueza e tragédia iminente.
"Todas as crianças crescem, menos uma." Como pó de fada, há cem anos estas palavras transportam os leitores para um mundo mágico, povoado pela família Darling e pelos habitantes da Terra do Nunca - Peter Pan, os meninos perdidos, Sininho, crocodilos, sereias, o Capitão Gancho e seus piratas...Um dos mais populares clássicos infantis, Peter Pan é uma história que, como Alice no País das Maravilhas, une gerações, contagiando também adultos com sua energia, imaginação e um enredo que permite diversos níveis de interpretação.Essa Edição Comentada e Ilustrada traz o texto integral de J.M. Barrie, notas explicativas de Thiago Lins, apresentação da escritora Flávia Lins e Silva e ilustrações originais de F.D Bedford para a primeira edição de Peter Pan, em 1911.

 Situado em um dos rapazes internato em New England, durante os primeiros anos da Segunda Guerra Mundial ", uma paz em separado 'é uma parábola angustiante e luminosa do lado escuro da adolescência. Gene é um solitário, intelectual introvertido. Phineas é um bonito, insultos, atleta temerário. O que acontece entre os dois amigos em um verão, como a própria guerra, relegou a inocência desses meninos e seu mundo.







À espera no centeio (O Apanhador no Campo de Centeio na edição brasileira) narra um fim-de-semana na vida de Holden Caulfield, jovem de 16 anos vindo de uma família abastada de Nova York. Holden, estudante de um reputado internato para rapazes, volta para casa mais cedo no inverno depois de ter recebido más notas em quase todas as matérias e ter sido expulso. No regresso a casa, decide fazer um périplo adiando assim o confronto com a família. Holden vai refletindo sobre a sua curta vida, repassa sua peculiar visão de mundo e tenta definir alguma diretriz para seu futuro. Antes de enfrentar os pais, procura algumas pessoas importantes para si (um professor, uma antiga namorada, a sua irmãzinha) e tenta explicar-lhes a confusão que passa pela sua cabeça. Foi este livro que criou a cultura-jovem, pois na época em que foi escrito, a adolescência era apenas considerada uma passagem entre a juventude e a fase adulta, que não tinha importância. Mas esse livro mostrou o valor da adolescência, mostrando como os adolescentes pensam.

Pé na Estrada (On The Road) é considerado a obra prima de Jack Kerouac, um dos principais expoentes da Geração Beat estadunidense, sendo uma grande influencia para a juventude dos anos 60, que colocavam a mochila nas costas e botavam o pé na estrada. Foi lançado nos Estados Unidos da América, pela primeira, vez em 1957.
Responsável por uma das maiores revoluções do século XX, On the Road escancarou ao mundo o lado divertido da experiência da vida americana, a partir da viagem de dois jovens – Sal Paradise e Dean Moriaty – que atravessaram os Estados Unidos de costa a costa. Acredita-se que Sal Paradise, o personagem principal, seja o próprio Jack Kerouac. Também são encontrados no livro alguns escritores na forma de personagens, como Allen Ginsberg, como Carlo Marx, e William Burroughs, como Old Bull Lee.
É um livro que influenciou a música, do rock ao pop, os hippies e, mais tarde, até o movimento punk.
Diga Olá para Bradley Comprador, o melhor agente de narcóticos no negócio. Participar de festa anual da AJ de playboy internacional, onde o soco deve ser tratado com extrema cautela. Conheça Dr 'Fingers' Schafer, o Lobotomy Kid e sua centopéia gigante, "The Complete Homem Americano De-anxietized. 'E entrar na mente escura e infernal de Bill Lee como exerce a sua busca diária pela mercadoria final. Provocador, influente, morbidamente fascinante, Naked Lunch é um passeio apocalíptico através dos recessos mais sombrios da psique humana.




A salvação do mundo e dos povos passa pela salvação do indivíduo, pelo respeito à liberdade individual e aos direitos à diferença e à diversidade - eis a lição suprema deste livro belíssimo e sábio que, dotado de uma juventude perpétua, nos ensina a amar a vida. Pelo seu dom de florir e frutificar o coração do homem, Walden ou a vida nos bosques é uma semente.


Hamlet, de William Shakespeare, é uma obra clássica permanentemente atual pela força com que trata de problemas fundamentais da condição humana. A obsessão de uma vingança onde a dúvida e o desespero concentrados nos monólogos do príncipe Hamlet adquirem uma impressionante dimensão trágica. Nesta versão, Millôr Fernandes, crítico contumaz dos "eruditos" e das "eruditices" que – nas traduções – acabam por comprometer o sentido dramático e poético de Shakespeare, demonstra como o "Bardo" pode ser lido em português com a poderosa dramaticidade do texto original. Aqui, Millôr resgata o prazer de ler Shakespeare, o maior dramaturgo da literatura universal, em uma das suas obras mais famosas.
 Cinco décadas após sua morte, é indiscutível a atualidade do pensamento de Camus e de sua obra com foco na análise do homem contemporâneo. Traduzido para mais de 40 idiomas, O estrangeiro é hoje o recordista absoluto de vendas em formato de bolso na França. O romance faz parte do "ciclo do absurdo" do escritor e é seu livro mais conhecido. O narrador-personagem é o argelino Meursault, que mata um árabe por impulso. Meursault é o anti-herói que assassina um homem "por causa do sol" e sobe ao cadafalso afirmando que "fora feliz e que o era ainda". Publicado em 1942, este livro ganha repercussão com a visionária inquietação do autor. Suas obras são muito marcadas pela incerteza e pelo absurdo da existência.
 A nascente tornou-se uma peça de resistência da literatura, mais popular agora do que quando publicado em 1943. Na superfície, é uma história de um homem, Howard Roark, e suas lutas como um arquiteto na cara de um rival bem sucedido, Peter Keating e um colunista de jornal, Ellsworth Toohey. Mas o livro aborda uma série de temas universais: a força do indivíduo, o rebocador entre o bem eo mal, a ameaça do fascismo. O confronto desses temas, juntamente com o acidente vascular cerebral incrível da escrita de Rand, se combinam para dar este livro a sua influência duradoura.




Ufa! Espero não ter me deixado passar despercebida por nenhum, qualquer coisa eu volto aqui e atualizo. O mesmo vale para se eu encontrar a tradução de mais algum além dos que acabei de encontrar enquanto procurava pelas sinopses, que por acaso foram todas tiradas do skoob

Obrigada pela visita e segue aí :)

6 comentários:

  1. Ainda n vi o filme nem livro do As vantagens de ser invisível! Adorei os livros, não li nenhum ainda e alguns que estão ai são verdadeiros cassicos!

    http://blogquerida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não li nenhum mas já ouvi falar de muitos como "O apanhador no campo de centeio" e "O sol é para todos".
      Espero muito lê-los logo :)
      beijoss
      Sublimar-me

      Excluir
  2. Olá Bruna,

    Alguns livro dessa lista estão na minha lista de desejados, são ótimos pelo que li nas sinopses....abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii
      Concordo Marcos, quero todos *---*

      Excluir
  3. Ola!!!
    São livros que tem a sinopse muito boa e que gostaria muito de ler todos, mas como sempre tem alguns que a gente já quer ler há algum tempo!!!
    "O Sol é para todos" é um livro que sempre quis ler, porém a edição é esgotada e você só encontra em sebo. O Grande Gatsby, que assisti ao filme e amei, quero muito ler, já tenho o livro só falta eu ler. Gosto muito de Shakespeare, já li sonho de uma noite de verão e li Romeu e Julieta, Hamlet é uma obra que tenho muito interesse de ler desde sempre.
    Adorei as indicações, muito bom!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina tô me segurando para não assistir nenhum filme baseado nesses livros, quero seguir a tradição de primeiro o livro e depois o filme, espero que eu consiga *-*
      Também gostei muito :)

      Excluir

Comente! Sua opinião vale muito e faz bem ao meu coração *--*

Slider (Add Label Name Here!) (Documentation Required)

Our Team

I am the Author

Know us




Contact us

Nome

E-mail *

Mensagem *

sublimar-me © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.