07 junho 2015

Extraordinário - R. J. Palacio

R.J. Palacio | 310 páginas | Intrínseca 

August Pullman é um garotinho que nasceu com uma doença raríssima. Ele nasceu com ela. Desde sempre ele "sofre" dessa doença que na verdade faz mais mal para alma dele (agora) do que para o corpo em si. Ele é um menininho normal que tem dez anos de idade, joga bola, xbox, e tudo o que uma criança pode fazer. Mas ele tem uma deformidade em seu rosto, o que sempre causou alvoroços
Além de seus pais, Auggie tem uma irmã que atende por Via e uma cachorrinha chamada Daisy, a quem ele sempre soube que é a que mais o aceita.

Por conta de sua aparência facial, ele nunca frequentou uma escola. Sempre estudou em casa com sua mãe. Mas seus pais veem que agora chegou a hora de ele começar a encarar o mundo, principalmente por que de seus únicos amigos dois começaram a estudar e um se mudou. Ele precisava socializar e conhecer pessoas.

Sua mãe sugere a Beecher Prep. Ela até já o tinha levado as provas para ser aceito na escola, e ele tinha passado. Tudo sem saber! No momento em que Auggie fica sabendo de tudo ele fica se sentindo muito traído, pois tudo foi feito por suas costas. Mas aos poucos ele vai cedendo e acaba aceitando ir conhecer a Beecher. Lá ele conhece o Sr. Buzanfa que como forma de boas vindas chama os melhores alunos (segundo ele) para apresentar toda a escola para August.

Jack Will, Julian e Charlotte levam-no por cada espaço da escola. Aos pouquinhos ele vai percebendo quem "sim" e quem "não". Jack Will o deixa alarmado mas com um pouco de insistência de sua mãe ele acaba cedendo e vai para a escola de vez. Auggie é um bom aluno. Está a par de todo o assunto, apesar de ter estudado em casa por toda a sua vida.

Como era de se esperar seu primeiro dia foi intenso e tenso para todos, mas principalmente para ele. Pois um primeiro dia de aula já não é bom para ninguém, mas só Auggie sabia o que estava passando. No almoço ele conhece Summer, uma garota de outra sala que se ofereceu para sentar em sua mesa e lhe fazer companhia notando como ele estava se sentindo.

O livro é lindo e me venceu pela simplicidade em como a estória é contada. Auggie é um amor, Summer e toda a sua família também. Daisy me emocionou. E a diagramação do livro me deixou muito satisfeita. Recomendo com certeza... Deliciem-se também com os relatos de August e das pessoas que o circulam sobre como é ser visto apenas pelos olhos frios das outras pessoas...
 ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! Sua opinião vale muito e faz bem ao meu coração *--*